4 de junho de 2011

Ubuntu


Uma vez lido, não se bem onde, a seguinte frase era disposta: "Humanidade desumana."
Outrora completando ainda mais minha linha de raciocínio: "Honestidade hoje em dia é notável, quando na verdade, teria de ser normal! (natural/comum)" .
Infelizmente, e com muito aperto em meu peito, sou  obrigado a assinar em baixo dessas duas citações frustrantes!
Maldito fruto do conhecimento colhido!
Qual o valor das boas ideias corrompidas? O suicídio do "Pai da aviação"?
Até que ponto a "humanidade" irá manchar sua própria existência?
E o material sem sentimento, que domina egos, causa inveja, e mata! Até quando ele custará mais do que um sorriso, um abraço, uma vida?
Me pergunto... Ninguém mais enxerga, ou preferem virar o rosto de todo esse mal? Ninguém percebe, ou só fingem não perceber? ("Paz sem voz, não é paz, é MEDO!")
A paz existe? Já existiu?
Gostaria muito de ter respostas para quem me lê, mas não tenho. É um ponto de vista que me revolta e entristece, mas tenho consciência do que está faltando. Falta sorrisos e abraços sinceros!
Falta honestidade, humanidade e humildade.
Está faltando união, compaixão e amor.
Sobra Deus em nossas palavras, enquanto falta em nossos corações!

3 comentários:

  1. pois entao eis aki sua reposta de quem te leu alguma vez....
    somos dois entao que se revoltam com atos incompreensíveis.
    Portanto...nao falta mais sinceridade, humanidade, honestidade, amor e compaixão...
    nao da minha parte..rsrs
    espero q vc se lembre dessa pessoa q vos escreve
    bjs
    vanessa 04/04/89- se nao se lembrava...essa data te ajudárá a lembrar

    ResponderExcluir
  2. Rafaela Macário6 de julho de 2011 17:52

    É tudo muito lindo o que você escreve!
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  3. Muito Obrigado viu, e por você ter passado tambem Van, foi um surpresa muito boa... :D

    ResponderExcluir